produtividade

Qual o meio mais eficaz de medir a produtividade? Existe um? Primeiramente, o mais importante é ter a noção que o rendimento não é sinônimo de lucro para a empresa. Claro, esse é um dos benefícios quando os funcionários são eficientes, mas eles podem não ser e o negócio continuar lucrando.

Muitas empresas acreditam que a melhor maneira para aumentar a competitividade é investindo em meios de monitorar a produtividade dos funcionários, seja nos escritórios ou nas fábricas, com especialistas que ocupam um grande papel nesse sistema. 

Mas os resultados são estatísticas, e elas são tão precisas que não refletem os verdadeiros desafios que os gestores e os funcionários, como a pandemia e a mudança da rotina com a adesão do home office. Normalmente, os gerentes têm a visão de que o criador do sistema de produtividade não faz a menor ideia de como os negócios funcionam, logo, não existe um padrão.

Os gestores não precisam de sistemas e softwares para saber como está a eficiência da sua equipe. Um conjunto de diretrizes que ao serem analisadas ajudam a entender e avaliar a produtividade da equipe.

 

Produtividade além do trabalho

A produtividade é sobre a eficiência do trabalho e com o tempo que ele é feito. Não tem relação com o salário ganho e sim com o que é ganho pelo produto, o conteúdo da mão de obra. Isso deve se concentrar nos recursos gerais, abordando as matérias-primas, máquinas, papéis e funcionários.

 

Perspectiva multifatorial

Os métodos unilaterais de medir a produtividade são mais fáceis de manipular o aumento da eficiência. É só substituir um fator por outro para completar o desenvolvimento do índice, que irá identificar as suas contribuições na combinação, os rastreando e combinando para obter o resultado.

O índice de produtividade não pode se concentrar somente no trabalho e capital, pois pode reduzir os valores da operação e atrapalhar as metas estabelecidas pela administração. Por isso, a perspectiva multifatorial é importante para sua empresa, pois analisa diferentes fatores e medidas, e entrega um resultado mais apurado.

 

Medindo o imensurável

O desafio dos medidores de produtividade é encontrar um método que engloba todos os fatores da produção, e de forma que todos os colaboradores entendam como é o processo. Normalmente, esses métodos ignoram os fatores mais importantes, como o tempo da produção e o papel dos funcionários. Os líderes estão descobrindo que ao encurtar os ciclos de produção descobre-se o poder competitivo e os perigos também.

 

Portanto, podemos concluir que existem outros métodos de medir a produtividade e eles devem ser análises de diferentes ângulos da produção e da equipe, não somente o tradicional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.